Prevenção de Perdas: Como a Abordagem Reduz Perdas?

Prevenção de Perdas: Como a Abordagem Reduz Perdas?

Ações de Prevenção de Perdas na Área de Vendas

No Cenário da Segurança Empresarial, mudanças estão sendo percebidas, no tocante ao seu posicionamento e atuação, deixando de ter uma abordagem operacional para ocupação de posições mais estratégicas nas empresas.

Continue reading “Prevenção de Perdas: Como a Abordagem Reduz Perdas?”

Segurança e a Logística Empresarial

A logística empresarial engloba todas as atividades de movimentação e armazenagem que facilitam o fluxo de produtos desde o monto da matéria-prima até o ponto de consumo final, assim como dos fluxos de informação que colocam os produtos em movimento, com o objetivo de providenciar nível de serviço adequado aos clientes a um custo aceitável.

Continue reading “Segurança e a Logística Empresarial”

Gestão do Conhecimento na Segurança Corporativa

A preocupação com o conhecimento não é algo novo. Platão, Sócrates, dentre outros já se preocupavam com este tema. Porém as abordagens sobre gestão do conhecimento nas organizações iniciam-se na década de 1990, pois se percebeu a importância de se desenvolver ferramentas para tornar explícito e disponível o conhecimento existente na empresa bem como a importância da troca e compartilhamento do conhecimento das pessoas.

Continue reading “Gestão do Conhecimento na Segurança Corporativa”

Fuga de Informações Através da Engenharia Social

Fuga de informações através da engenharia social | Segurança da Informação

Na segurança patrimonial e empresarial, há um jargão conhecido que diz que se deve medir a força de uma corrente pelo seu elo mais fraco.

Esta corrente é formada por diversos elos que podem ser representados por: comunicação, sistema de alarmes, barreira físicas, controle de acesso, recursos humanos, etc. normalmente, somos unânimes em dizer que as pessoas são o elo mais fraco, porque são mais sujeitas as falhas (de qualquer ser humano).

Continue reading “Fuga de Informações Através da Engenharia Social”

A ARTE DE FAZER AS PESSOAS FALAREM: INDUÇÃO

Indução: a arte de fazer as pessoas falarem

  1. INTRODUÇÃO

Profissionais de espionagem possuem seu próprio conjunto de perícias e técnicas: técnicas que têm sido afiadas, refinadas, testadas e aplicadas em inúmeros casos em todo o mundo. Perícias e técnicas que têm resistido ao teste do tempo, que têm transcendido fronteiras nacionais e culturais. Perícias que têm de forma significativa, contribuído na troca de informações entre aqueles que as têm e aqueles que delas necessitam, da maneira certa e no momento certo.

Continue reading “A ARTE DE FAZER AS PESSOAS FALAREM: INDUÇÃO”

DESINFORMAÇÃO | CONTRA-INTELIGÊNCIA

A desinformação é uma medida de caráter ofensivo onde a empresa através do seu departamento de Contra-Inteligência irá iludir a concorrência sobre suas atividades e principalmente sobre o lançamento de seus produtos e/ou serviços.

Lembrando que a Contra-Inteligência é o ramo da Atividade de Inteligência responsável em salvaguardar o Sistema da Empresa, contra as ações dos seus concorrentes. É uma atividade permanentemente exercida e executada com o objetivo de proteger conhecimentos vitais para a empresa, seu pessoal e instalações contra as atividades desenvolvidas pelo Serviço de Inteligência da concorrência.

Continue reading “DESINFORMAÇÃO | CONTRA-INTELIGÊNCIA”

RIO-2016 ESTAMOS PREPARADOS PARA A REAL AMEAÇA DE UM ATENTADO?

As Olimpíadas e os Jogos Paraolímpicos de 2016, dois megaeventos esportivos restritos majoritariamente a cidade do Rio de Janeiro, diferentemente da Copa de 2014 que teve 12 cidades sede, pode induzir-nos a pensar que as soluções de segurança serão administráveis e mais simples devido à restrição da área de risco e facilidade de mobilização dos efetivos de segurança a serem empregados.

Continue reading “RIO-2016 ESTAMOS PREPARADOS PARA A REAL AMEAÇA DE UM ATENTADO?”

CONSTRUÇÃO DE CENÁRIOS FUTUROS

Os estudos de cenários têm sido crescentemente utilizados na área de planejamento estratégico, tanto de grandes empresas quanto de governos, por oferecer um referencial de futuros alternativos em face dos quais decisões serão tomadas. À medida que aumentam as incertezas em quase todas as áreas de conhecimento, cresce também a necessidade de análise e reflexão sobre as perspectivas futuras da realidade em que se vive e diante da qual se planeja. As técnicas de cenários vêm conquistando rapidamente o cotidiano dos planejadores e dos decisores do mundo contemporâneo, apesar da percepção de que o futuro é algo incerto e indeterminado.

Continue reading “CONSTRUÇÃO DE CENÁRIOS FUTUROS”